Acabe com a flacidez nos seios

 In Dicas

Os seios são uma parte do corpo ligada a autoestima feminina, pois está relacionada à sua feminilidade e à sensualidade de uma mulher.

Por isso, as alterações que eles sofrem com a passagem do tempo podem ser o princípio de muito desconforto para algumas mulheres.

Mesmo que seus seios não sejam muitos grandes a flacidez dessa região pode causar incômodos e inseguranças e prejudicar a vida social, até mesmo a vida sexual e a autoestima da mulher.

O implante de silicone pode ser a solução para o problema das mamas flácidas e caídas.

Causas da flacidez nos seios

A herança genética é o fator que mais influência no surgimento da flacidez nos seios.  Isso quer dizer se as mulheres de sua família têm esse problema, é possível que você tenha.

No entanto, outros fatores que influenciam a flacidez nas mamas são os hábitos como a má alimentação, o consumo de álcool e o cigarro e a exposição ao sol sem proteção. Do mesmo jeito como acontece com a pele do rosto, esses hábitos aceleram o processo de envelhecimento, colaborando para uma menor fabricação de elastina e fibras de colágeno.

O conhecido efeito sanfona também pode colaborar, pois quando ganhamos muito peso há um estiramento da pele e pode degenerar das fibras elásticas. Com isso, a pele perde a capacidade de se retrair quando emagrecemos novamente.

Outro motivo que deve ser levado em conta é a sustentação dos seios durante os exercícios físicos.

Finalmente, ainda temos o efeito da gravidez e da amamentação. Que provoca o aumento das glândulas mamárias e no tecido gorduroso, o que provoca o estiramento na pele. E quando o período de amamentação termina, nem sempre a pele volta a posição anterior.

Conhecendo a Mastoplastia

A Mastoplastia tem como objetivo suspender a mama e retirar o excesso de pele e tecido mamário excedente deixando-os mais bonitos.

Alguns tipos de Mastoplastia podem ser diferenciados como:

Mastoplastia redutora: diminui o volume e moldar nova forma às mamas;

Mastoplastia de aumento: são implantadas próteses mamárias (de silicone ou outros produtos) para projetar esteticamente ou preencher deformidades adquiridas;

Mastoplastia para corrigir a queda: com pequena ou nenhuma redução de volume associada;

Também pode ser usada para harmonizar as assimetrias evidentes.

Tipo de anestesia:

A anestesia pode ser local com sedação assistida, peridural alta ou geral. A recuperação não costuma ser dolorosa, no entanto pode haver sim um incomodo local, mas bem tolerável.

Recomendação no pós-operatório:

No período de 30 dias deve-se evitar a elevação dos braços e esforço. Não dormir de bruços e de lado por 30 dias. E não se expor ao sol, até a liberação.

Duração da cirurgia:

A duração da cirurgia é em torno de 2 a 3 horas.

Permanência no Hospital:

Normalmente a internação é de 12 horas.

Cicatriz após a cirurgia:

As cicatrizes após a cirurgia podem ser em formato de I, L ou T invertido. Isto vai depender do tamanho da mama e a quantidade de pele que será removida.

Tamanho, Consistência e Forma

Com a cirurgia, não só́ as mamas podem ser melhoradas como a sua consistência e forma, tudo respeitando a harmonia em relação ao físico da paciente.

Como ocorre com o processo de cicatrização, também as “novas mamas” vão passar por períodos evolutivos, que são os seguintes: até o 30º dia sua forma ainda está́ aquém do desejado, apesar de já́ apresentar um melhor aspecto, é comum a ocorrência ainda de edema (inchaço).

A partir do 30º dia ao 8º mês continua a evolução para a forma definitiva, não sendo raros os casos de insensibilidade ou de hipersensibilidade do mamilo. Pode ainda ocorrer edema (inchaço).

Do 8º ao 18º mês é o período no qual a mama vai atingir seu aspecto definitivo, no que diz respeito à cicatriz, forma, consistência, volume e sensibilidade.

No resultado final tem grande importância o grau de elasticidade da pele das mamas e o volume final obtido, já́ que o equilíbrio entre ambos é variável de caso a caso.

Posso engravidar depois da cirurgia?

No caso de uma gestação, os resultados da cirurgia poderão ser mantidos caso não haja um aumento de peso muito significativo e nem um aumento muito grande das mamas.

A amamentação poderá ser prejudicada se a paciente tiver passado por uma redução muito acentuada nas mamas, podendo também sofrer influência da técnica utilizada. Por isso, o ideal é ter os filhos antes de fazer a cirurgia.

Como em qualquer cirurgia, poderá ocorrer inchaço, hematomas e seromas, e em casos raros a necrose do tecido e infecções.

A indicação de cirurgia plástica para corrigir a flacidez nos seios vai depender da avaliação presencial de um cirurgião plástico. Na consulta, você poderá tirar todas as suas dúvidas e conhecer as melhores opções para o tratamento do seu caso em particular, possibilitando assim que você volte a se sentir bem com você mesma.

Clínica Ronaldo Roesler
Dr. Ronaldo Roesler é um cirurgião plástico brasileiro formado e especialista em cirurgia geral e cirurgia plástica, atua desde 1994. Cirurgião plástico reconhecido, atua em sua clínica em São José dos Campos e atende pacientes de todo o Brasil.
Recent Posts

Leave a Comment

8 + thirteen =

Start typing and press Enter to search